terça-feira, 6 de abril de 2010

FRONTEIRAS: Poranduba* para inicío das PensamentAções

A genial, mansa, guerreira e hermana Graça Graúna, outro dia em nossas PensamentAções me convidou a incluir neste possível Blog um item: Fronteiras Indígenas. Pois bem. Natalina Bomfim, genial, brava, guerreira e esposa nestas mesmas trilhas sugeria-me incluir Educação. Com NB & GG já venho conversando sobre estas a uns bons tempos e fazem parte de nossas lutas e utopias. Pensamentei então, incluir também outras razões máximas de minha vida: POESIA - TEATRO - ECOLOGIA e fazer deste Blog uma bandeira e abrigo para desfraldar e acolher tod@s as pessoas para Pensamentarmos junt@s sobre estas dimensões:
Fronteira da Educação
Fronteira do Indigenismo
Fronteira da Poesia
Fronteira da Teatrologia
Fronteira da Humano-Natureza

Estas três dimensões de fronteiras dizem respeito a minha trajetória como poeta, artista, diretor teatral e educador socioambiental que já faz mais de três décadas e meia de labutas. E o título geral PensamentAções vai para um outro incentivador do meu trabalho, Prof. Crisoston Terto Vilas Boas, mestre e amigo!

* Poranduba = Do Tupi: Notícia, novidade, pergunta, informação= Moranduba.

16 comentários:

  1. ...é negra, é índia, é poética, é filosófica, é utópica, é realidade a tua doce presença poeamigo Ademario. tenho o maior orgulho de fazer parte da tua companhia, de Natalina e Yã. Ñanderueté é mesmo nosso pai verdadeiro. Estou aqui, meu irmão, pro que der e vir. Que beleza de parto. Grata pelo carinho. Xêros....

    ResponderExcluir
  2. Ademário,
    Bom encontrá-lo neste espaço. Saber da Grauninha, dois passaros de belo cantar.
    Beijos e sucesso.
    Regina

    ResponderExcluir
  3. Pois bem, caminheiro o caminho está traçado!
    Parabéns pela iniciativa, pelo espaço ocupado.
    As coisas boas chegam com o tempo, as melhores de repente. E voce chegou com o casuá(jacá)cheio de coisas boas para partilhar com os internautas.
    Aquele abraço
    Axé
    Silvana Sampaio Gomes

    ResponderExcluir
  4. Poxa...
    Que bom AR,( Pai .
    Adorei!

    ResponderExcluir
  5. Salve Irmão
    Fico feliz em ter este espaço para continuar a desbravar fronteiras.
    abraço em todos
    PV

    ResponderExcluir
  6. Ademário Ribeiro...meu pai, irmão, amigo e companheiro!!! E além do mais, conterrâneo por duas vezes em caminhos inversos...Você de Miguel Calmon a Simões Filho, eu de Simões Filho a Miguel Calmon!!!
    Agora mais uma vez nossos laços se estreitam...essa é a parte boa do progresso...em breve estarei aí para abraçá-los e vivenciá-los!!!
    Marcelo Dias

    ResponderExcluir
  7. Ah, que boas visitas! Vocês preenchem minh'alma. Que gostoso é ter o abrigo do abraço de Grauninha, Regina, Kady, Marcelo (filho, irmão e camarada de projetos tão amados), minha priminha Silvana, querida e o PV, gênio de 7 instrumentos e amigo!!!

    Abraços e beijos intensos e muita paz para vocês e até já!!!

    ResponderExcluir
  8. Meu bom, parabéns. é dema e ponto!

    francoassunção

    ResponderExcluir
  9. Ademário,
    Gostei di mutio.
    Seu blog é dez, tenha certeza que é um grande manancial de consultas, além de uma belo local para encontrar amigos ilustres. Quero mais, porque a cana é doce.

    Tenha um bom dia
    Axé

    ResponderExcluir
  10. Cana doce é ter amigos como você e estas bacanas acima!!! Creio que este PensamentAções é bem seu título. Tomara que eu possa estabelecer uma visualidade. Tenho muuuito que aprender nestas sendas!

    Grato pela visita gentil e acalourada!

    ResponderExcluir
  11. AR do meu coração: daqui a pouco tu vai dizer que tô aparecendo demais por aqui...rs... Meu amigo, que riqueza danada de tanta gente boa e bonita; brava gente (Comandante Águia, poeta ReginaLyra...)e quanta reflexão pra aguçar a nossa identidade. Paz em Ñanderu.

    ResponderExcluir
  12. Ademário, meu irmao camarada, teatrologo e conhecedor e vivenciador das calsas dos nossos primeiros povos, pesquiasdor incansável das linguágens e etinias indígenas, nos presenteia com este vasto arquivo para todos que tem fome de saber...
    Continue nessa trilha de desbravador, e cumpra sua missão...
    Nós, internaltas só temos a AGRADECER...

    Obrigado............meu AMIGO.

    ResponderExcluir
  13. Terra! Água! Fogo! Ar! África! Gente! Bahia! Índio! Humano(Ser)!...Poesia! Ah!...Poesia!
    Amigo, foi o cheiro gostoso disso tudo aí que fui sentido ao visitar e (re)visitar seu bolg.

    Grato pelo alimento! Grato pela oportunidade!

    (Mesmo não sendo de bom tom dizer a um pai qual de suas filhas se prefere... confesso que estou enamorado por "Rabo de Saia")

    Julival

    ResponderExcluir
  14. Sejam tod@s bem-vindos a esta casa ou sala de estar,de ficar e voltar sempre: portas não existem: Assunça (camaradovski), Julival (meu professor uqerido de Nazaré das Farinhas, Girlânio (poeta e terapeuta comprometido com os movimentos sociais, PV (gênio dos 7 saberes)... Estas visitas iluminam a casa de dentro e casa de fora! Permaneçam o tempo que desejam!
    GG (graça Graúna), vc é a ternura no gesto e na voz - digo sempre: você é madrinha deste interior que se abre!

    Beijos em vocês tod@s!

    ResponderExcluir
  15. Viva o Almirante Águia - aquele sempre atento vôo sobre as coisas boas e entes significantes!

    Paz e grato pelas dicas.

    ResponderExcluir
  16. Ademário,

    legal, seu blog. Gostei de ter notícias de suas andanças e que continua perseverando. Pouco a pouco a gente vai fazendo o caminho da volta... o Brasil está prestes a se encontrar consigo mesmo.

    Abraços,

    Celene Fonseca

    ResponderExcluir